Segue EU xD!

domingo, 30 de março de 2014

Escritos sem nexo sobre coisas que eu sinto esporadicamente..

Um simples desabafo sem um fundo fantástico ou batalhas épicas. 
Apenas uma pessoa provando o gosto da amargura. Sinto-me amargurado quando não consigo deixar minha vida do jeito que eu queria... Mas claro, ninguém consegue deixar a vida do jeito que quer, isso seria o mais próximo de felicidade plena... que é impossível. Só que existem momentos em que nada esta nos conformes, parecem estar, você quer que estejam, você tenta... Mas é difícil. Olhando de longe vê-se um bom momento, emprego, moradia, estudos quase concluídos, realmente coisas que muitos batalham para ter... E não tem, mas olhando de perto é possível ver grandes faltas que causam amargura... Eu nunca fui alguém de me queixar pelas coisas que acontecem, nunca fui alguém de ficar abalado por certas questões, nunca fui alguém de acreditar em algo maior, as coisas passam por mim e simplesmente vão embora, a empatia que era para eu sentir eu não sinto, mesmo sendo coisas que estão na minha frente... Agora o que eu não sabia eram sobre os efeitos acumulativos disso tudo, pois ficar emocionado com um filme, uma série, um conto ou fotos de um cachorro recuperado depois de estar tão doente, isso não me afetava, mas hoje afeta, reflexo do que estou passando.

Mesmo assim, pra mim, eu só precisava engolir o que eu sentia e continuar... sabe, foda-se... um grande foda-se para tudo. Hoje um misto de percepção e foda-se são os meus julgadores internos, pois eu vejo as situações, faço uma analise fria de 1 segundo e digo... Foda-se. O pior é ser simplesmente passional, ver o que há em sua volta e continuar andando, não sentir empatia por nada que não conheça mais profundamente... Ao menos eu tenho ótimos amigos e uma boa família para me deixar na linha.

Raiva... Sabe, eu sempre vejo as pessoas dizerem " vocês nunca me viram com raiva de verdade" e eu simplesmente olha para pessoa e penso: " Caralho, cala esse tua boca", pois no dia em que varias merdas acontecem e você fica com raivinha a toa, por nada eu estou calado, apenas observando, com o semblante mais indiferente de todos, poque novamente, foda-se, aquela merda vai passar e tudo voltará ao normal, assim é a vida, mas é ai que vem os efeitos acumulativos, no fundo essa raiva ta tão grande que ela destrói o que se sente e ai coisas bonitas a sua volta não são mais tão bonitas assim... E sabe as coisas pequenas que não te afetavam, pois é agora afetam e de um jeito extremamente negativo e outra... Não estou falando sobre qualquer coisa pequena, por exemplo, esquecer a chave de casa, não, estou falando de coisas pequenas como as chaves caíram de sua mão, só isso, mas não, aquilo tudo que esta acumulado queima de uma vez, uma explosão de raiva estratosférica, te fazendo rosnar como um cão raivoso e por causa disso você vê pontos brilhantes na sua visão e fica tonto, quando você esta no ônibus e escuta alguém sem noção colocar musica merda para qualquer um e você imagina 1000 maneiras e espancar o filho da puta... mas até ai é normal, já ouvi todo mundo falar isso, mas sentir a adrenalina apenas por imaginar e uma sensação boa depois... não, isso eu nunca ouvi e novamente, sem expor a minha raiva para ninguém.

tristeza... bem, é a primeira coisa que se nega... " Ta triste? - Não (Sim)". Eu não estou triste ( agora eu estou) mas geralmente não. Sempre arrumo algo que afasta a tristeza é por isso que estou sempre criando novas historias, fazendo personagens e planos de fundo. Eu consegui entender o porque das pessoas postarem quando estão tristes, da vontade de escrever, quando se está só... ou talvez só aconteça comigo... eu não iria colocar a porra de uma indireta no face... vai se fuder com essa porra é a pior coisas que alguém pode fazer, é ridículo demais. Mas o que me deixa mais animado na tristeza ( estranho não?) é que com ela eu consigo escrever mais... nem tudo sai na tristeza, mas quando triste eu consigo fazer os melhores textos ou aprimorar o que já esta sendo feito... Lembro de quando acabei o namoro e fiquei mal por uma semana, certo, de repente uma enxurrada de ideias na minha cabeça e escrever me deixou melhor novamente, depois o que eu pensei sobre acabar o namoro (claro, depois de tentar reatar)? MAIS UM BELO FODA-SE, valeu, falou, passar bem, tomar no cu... isso era o que eu pensava, seguir em frente que eu tenho coisa melhor para fazer, no fim eu não consigo ficar muito tempo triste. to escrevendo esse texto doido, por causa de que eu estava esperando algo de alguém, que eu achei que aconteceria e eu vejo que as coisas não mudaram de dezembro (fucking dezembro e fucking natal que é sempre uma merda) pra cá, ninguém pode ficar só, é a pior coisa que existe, mas ficar na espera... não, ai é melhor o enforcamento... O pior de tudo é que eu tinha dado o veredicto antes e voltei atrás... ignorando meus instintos e agora eu to largando de mão de novo... mas eu não sei o que acontecer depois...

Bom é isso..

The Wind por Negativefeedback

Nenhum comentário:

Postar um comentário