Segue EU xD!

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Signos de Guerra

Tomo do Universo

Capitulo XXII 
Parte 3 - Os Doze Consagrados


Singius - Os designados para guerra
Grupo de seres poderosos que eram usadas como Armas pelos deuses nas Guerras divinas da Primeira era Universal.

Sigios - Ordem dos doze
Semi-deuses, senhores da guerra e pacificadores mantinham o balanço desde o começo, fim e consequências das Guerras divinas, Grupo que atuou e foi indispensável para a existência do universo como é conhecido hoje.

Signos - Sinal da vigilância dos novos doze
No mundo moderno não há mais gerras entre os deuses nem consequências, assim os novos papeis dessas entidades são de guia para com os mortais.

Existiram no curso das batalhas inúmeras armas a serviço dos deuses. Com suas funcionalidades e formas, ética e modos de ação, dizer que o único proposito das "armas" era a matança é um engano, pois um número considerável dessas entidades salvou mundos e dimensões dos reflexos negativos das campanhas.

Na Primeira Era do universo as "Guerras da Liderança" começaram a deixar profundas marcas no universo, Deidades sofriam baixas contras as forças dos Antigos ( Capítulos III e X, Guerras da liderança e Os antigos). Foi nesse momento que Energias vivas, Titãs, Entidades Centro, entidades da Criação e outros Seres universais formaram alianças com os Deuses tornando-se as "Armas" ( Capitulo XXI, As Entidades ).

Singius foi um dos grupos mais poderosos dentre as Armas. Eram 30 Armas, divididos entre sete Titãs, cinco Entidades da Criação, nove Energias Vivas, oito Ecos Divinos e um Planeta Vivo. Eles Lutaram por muito tempo e se modificavam com o passar do tempo, mas muitos deles morreram e alguns deixaram de guerrear.

Próximo a quarta era Universal, hordas remanescentes e conflitos entre os seres que viviam no universo abalaram a ordem e a criação, as Armas foram novamente convocadas. O antigo grupo Singius não era mais o mesmo, pois apenas nove integrantes originais atenderam ao chamado e três novos se juntaram. Assim nasceu o Sigios.

Foram extremamente necessários, a ponta da primeira flecha que mostra a direção e o espaço a se percorrer. Essa ordem coordenou e liderou ataques, defesas e ajudou nações espalhadas, por causa deles o universo tornou-se pacifico.

A Ordem das Doze Armas

Librahe - Libra
Arma da condenação e da absolvição.
Um dos membros iniciais e Titã de terceira grandeza, não participa diretamente do combate, sua função sempre foi Julgar os prisioneiros e os rendidos e dizer se eles poderiam ou não ser integrados no universo. Se eles não passassem na balança de Librahe recebiam castigos severos, variando desde morte a banimento para dimensões esquecidas.

Imagem por NegativeFeedBack
Link - Erebus. Front of darkness Swarm of Saturniidae


Escorporia - Escorpião
O pai dos venenos
Poderoso e implacável, um dos iniciais e Titã de quinta grandeza. Assassino sem igual, infiltrando-se nos exércitos e fazendo incontáveis vitimas com seu veneno, a lenda diz que esse veneno poderia matar até um semi-deus ou deixa-lo com sequelas eternas.

Imagem por NegativeFeedBack
Link - Nykthemeron. Red rain I against I

Vigar - Virgem
A Cura
Entidade da Criação que nunca se importou com as guerras, mas as consequências e vitimas a fizeram entrar na Ordem dos Doze, para que tanto os integrantes quanto os afetados tenham cuidados médicos. Sua cura só é limitada pela morte.

Imagem por NegativeFeedBack
Link - Imperia

Pesces - Peixes
Alimento
Com o Mesmo pensamento de Vigar entrou na ordem para cuidar dos lugares afetados pelas Guerras, seu único intuito é levar alimento para as vítimas do combate. Podia alimentar nações ou planetas inteiros e por isso tornou-se a mais venerada das Entidades da Criação.

Imagem por NegativeFeedBack
Link - In the Deep

Gemminus - Gêmeos
As duas faces do assassino.
Irmãos extremamente ligados, Titãs de quinta grandeza que mudavam de forma e enganavam seus inimigos, enquanto um tirava a atenção o outro tirava a vida. Inúmeros chefes de guerra e generais pereceram na falacia e nas mãos dos gêmeos.

Imagem por NegativeFeedBack
Link - Homunculi


Ariertmos - Áries
O Imparável
Titã de segunda grandeza extremamente poderoso, sua função era obliterar, quando o alvo era determinado o ataque do ariete só parava quando o alvo já não mais existisse. Foi o responsável por destruir os mais fortes portões das fortalezas inimigas, O Nnanhar, seu ataque destrói satélites e até planetas.

Imagem por NegativeFeedBack
Link - Kami


Aquaram - Aquário
A Água.
Um Eco divino que cria água, se uniu ao grupo com o mesmo intuito de Pesces e Vigar, prover água para aqueles que não tem, trazer água para mundos e povos na seca. Mas um poder que pode trazer o bem também trás destruição, Aquaram pode inundar planetas para sempre, ferveu bilhões de soldados com um oceano fumegante.

Imagem por NegativeFeedBack
Link - A Drowning

Krodontacer - Capricórnio
O Diluvio
Titã de Segunda grandeza, alma da água, se liquefaz e cria armadilhas para seus adversários, aterrorizante no mar pode tornar-se um com o oceano e varrer exércitos. Ele é o responsável por criar inúmeras lendas e transcritas para os mortais como feitos de deuses menores.

Imagem por NegativeFeedBack
Link - Empatheia

Kankar - Câncer
As Laminas.
Uma Entidade Criadora, senhor das guerras e das espadas. Nenhum guerreiro o venceu em duelos, foi aquele que derramou mais sangue dentre as armas. Impiedoso, sanguinário e agressivo, vivia isolado e apenas Sagittarius conseguia acalma-lo depois que ele acabava de matar.
Imagem por NegativeFeedBack
Link - God of War

Tuaroxor - Touro
O Gigante.
O Planeta Vivo, existia para lutar contra ameaças tão grandes quanto ele, de natureza calma e serena, mas com um poder destrutivo tão imenso que só podia ser parado por deuses. Cabeça metálica, atração de corpos, ele podia regurgitar o núcleo incandescente e queimar tudo, sua sombra deixa planetas em noites eternas e ainda consegue se camuflar na malha negra do universo.

Imagem por NegativeFeedBack
Link - Tau

Sagittarius - Sagitário
A Flecha derradeira
Origem dos arqueiros, Titã de quarta grandeza que tira a vida de seus alvos de longe sem remorso ou pena, corpo frágil e mira impecável, obliterando milhares de soldados usando uma única seta, fazendo infantarias inteiras desistirem antes mesmo do ataque, apenas com o som da corda do arco esticando.

Imagem por NegativeFeedBack
Link - Engel Sagittarius Rise

Lioram - Leão
O Sábio Feroz
Entidade da criação que muda de pele para uma fera imensa, seu rugido tira planetas de orbita, suas garras cortam anéis planetários, sua presença é aterradora. Foi a mais ameaçadora frente de batalha dentre todas as armas. Grande líder e sábio, arquitetou estrategias junto com deuses.

Imagem por NegativeFeedBack
Link - Deimos

As guerras acabaram próximo a quinta era do universo e por um decreto do dono do universo, eles mudaram seus feitos e adequaram seus ensinamentos para os povos modernos em troca de veneração eterna, assim surgiram os 12 Signos do Zodíaco.

3 comentários:

  1. Muito massa... Tava inspirado no dia pra sair tudo de uma vez!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah cara valeu aew xD
      Eu acho que demorei uns 3 dias ao todo pra fazer tudo.
      Eu vou desenvolver mais umas paradas ainda xD

      Excluir
  2. Não ligo pra signos nem sei a origem deles, mas com certeza essa é melhor. Muito bom.

    ResponderExcluir